Pesquisar este blog

domingo, 5 de maio de 2013

O medo, a música, a dança, as influências...

Luísa está com cinco anos, quatro meses e com medo. Muito medo. Medo de escuro, medo de barulho, medo de ficar sozinha no quarto, na sala, na cozinha e até no banheiro. No quintal então..nem se fala! Tem medo de que a gente a abandone e tem medo de que a gente se separe (de onde ela tirou isso?). Quando questiono a ela sobre o que tanto lhe assusta, ela não diz, não sabe, ou simplesmente omite. Como fez quando começou a rebolar com as mãozinhas na parede e eu lhe perguntei onde tinha visto, aprendido aquilo e com quem, e ela me disse "com ninguém, mamãe!". E foi só quando eu literalmente ameacei deixá-la sem a boneca nova até que se lembrasse onde viu aquela dancinha ou com quem aprendeu, que ela me contou timidamente quem lhe havia ensinado.

Com relação à tudo isso: medo e dancinha feia, temos conversado muito. Digo que aqui em casa não é preciso ter medo de nada, e que tudo aqui é branquinho, limpinho e seguro.
Agora, com relação à dança, acho que estou exagerando um pouco. Ontem estive pensando: se ela ouve e dança músicas infantis, MPB, músicas internacionais, músicas de capoeira e gospel, por que não poderia ouvir e dançar um lek lek, por exemplo? Não que eu deva incentivá-la, mas acho que posso desencanar um pouquinho.

Na verdade estou quase chegando à conclusão de que tanto eu como ela precisamos de ajuda. O que acham?

7 comentários:

  1. Olá Fe,
    Essa questão do medo é muito chata, mas precisa ser muito bem trabalhada, para que ela se sinta segura.
    Quanto ao lek lek não acho que você está sendo chata, eu também era assim, e até hoje meus filhos não gostam desse tipo de música, mas dizem que quanto mais agente implica mais eles gostam, né.
    Tenha um ótimo domingo,
    Beijus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc tem toda razão Jack...se ignorarmos ela desencana rapidinho né?
      beijos p vc querida!

      Excluir
  2. Amei conhecer seu blog...
    Gostei de tudo que vi por aqui, tudo com mto
    bom gosto! E já estou te seguindo pra
    não perder nenhum detalhe...

    Se poder me faça uma visitinha e se gostar me siga tbm...

    bjks

    Uma linda Noite!

    blogdabiane.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!
    Fazendo minha visitinha do final de semana, por aqui...
    Aproveito pra te convidar pra passar lá no meu blog pra ver os 2 vídeos novos que postei, e também pra participar da BC de dia das mães que acontecerá no domingo que vem!
    Conto com sua participação!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a questão das danças, você não esta sendo chata, tem danças que realmente NÃO são infantis, não são para crianças, existe o tempo certo para tudo, e quando chegar o tempo certo ela decide se quer ou não isso. Lembro que com 9 anos adorava as músicas da Perlla, mas tudo com moderação. E quanto aos medos, não posso ajudar, sou uma tremenda de uma medrosa, morro de medo de tudo que pode existir, e que ótimo, meu irmão puxou a mim!

    Beijos e seguindo
    http://irmacorujando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei do blog. De Olho No Mundo(www.deolhonomundo.com) analisa a essência humana, o mundo, astrologia, fenômenos ocultos..., em sua plenitude. Nesse vídeo ela fala sobre a libertação das mulheres - http://youtu.be/hJ9gk9Sap4Y - Tenho certeza que vocês gostarão. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. OI Fê, quando a Sofia e a Ana Luiza passaram por essa fase do medo eu li para elas a coleção da "Quem tem Medo?"
    da Ruth Rocha. Falei um pouco aqui nesse post: http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/2009/08/medo.html

    Em relação a dancinha, eu nem sei o que dizer. kkk. Mas acho que desencanar e não chamar muito a atença para o fato, apenas dizer que tem outras danças mais bonitas para ela dançar.

    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir