Pesquisar este blog

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Da culpa de novo

É incrivelmente desaconselhável chegar em casa e se encher de coisas pra fazer enquanto sua filha brinca sozinha, te chama mil vezes e você não consegue atendê-la de imediato:
-"Mãããããe, vem bincá cumigu!"

-"Já vou, Lú!! Mamãe tá terminando seu papá!!"
-"Filha, vamos comer primeiro, depois a gente brinca!!"
-"Agora vamos tomar banho, depois a gente sobe assistir o filme da "Alice"!!"
-"...depois que você arrumar seu quarto!!"
-"...depois que eu tomar banho!!"

E aí ela dorme e você percebe que ela só implorou por você, e nada!! Que merda, hein?

E com essa semana cheia de coisinhas bestas pra fazer em casa, não dei muita atenção à Luísa. Me irritei à beça porque a falta dessa atenção resultou numa teimosia sem tamanho, e acabamos todos estressados, um olhando torto pro outro (eu mais ainda...).

Só aí que lembro que tem coisas que definitivamente não valem a pena.
Esses dias ouvi de uma tia minha, que está prestes a se tornar avó (é a-ma-nhãããã!!!!) que ela se arrepende de não ter curtido tanto as filhas na infância, por ficar se preocupando em ter a casa arrumada. Não quero ter essa sensação. Não, não, mil vezes não!!

E aí que não vejo a hora que chegue amanhã, pra gente acordar juntinhas (ela vai pra nossa cama por volta das 4 da manhã) e ficar assim, ó:

video

2 comentários:

  1. Acho que no final, toda mãe faz dessas vez ou outra...
    Ótimo dia amanhã!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Nanda, é isso mesmo... vc tá certa e tem tempo de não errar como eu errei, e ainda bem MESMO que minhas meninas não reclamam do que fiz, mas confesso que eu reclamo muito e agora, com meu netinho vou me redimir...rs...
    Bjs e hoje é O DIA!!!!

    ResponderExcluir